domingo, 30 de setembro de 2012

Zenit volta a não ganhar


Equipa de São Petersburgo mais longe da liderança


A partida era absolutamente fundamental para o Zenit e a equipa de São Petersburgo falhou. Na receção ao Lokomotiv, que estava dois pontos à frente na classificação, o melhor que a nova equipa de Hulk e Witsel conseguiu foi um empate a uma bola. E vão três jornadas sem vitórias. 

O brasileiro ex-F.C. Porto foi, de resto, uma das desilusões do jogo. Pese toda a boa vontade e influência dentro da equipa, raramente as coisas lhe saíram bem, o que em nada contribui para sossegar o coro de críticas de que tem sido alvo nos últimos dias. 

O Zenit até marcou primeiro, através do italiano Criscito, mas desaproveitou a superioridade numérica após a expulsão de Shishkin e permitiu que Dame N¿Doye (ex-Académica) fizesse o golo da igualdade. 

Luciano Spalletti ainda lançou um dos proscritos ao intervalo, mas Kerzhakov pouco ou nada levou ao jogo. Anyukov também viu o vermelho na segunda parte e deixou as equipas a jogar dez contra dez.

Com o empate, o Zenit continua no quinto lugar da liga russa e pode ser ultrapassado pelo Spartak Moscovo. Bruno Alves fez os 90 minutos no eixo da defesa, em bom nível, enquanto Axel Witsel e Danny continuam lesionados.

O Zenit apresentou a seguinte equipa: 

Malafeev; Anyukov, Bruno Alves, Lombaerts e Criscito; Zyryanov, Shirakov (Kanunnikov, 78) e Faizulin; Bystrov (Yanbaev, 59), Bukharov (Kerzhakov, 46) e Hulk. 

Fonte: maisfutebol.iol.pt

Hulk diz que será especial enfrentar o Japão

Hulk 2012
Atacante diz que tem aproveitado bem as chances recebidas na Seleção Brasileira


O atacante Hulk foi convocado por Mano Menezes para defenser a Seleção Brasileira nos amistosos contra Iraque e Japão nos dias 11 e 16 de outubro, respectivamente.

O atleta do Zenit-RUS disse que será especial enfrentar o Japão, país onde atuou e que tem um carinho enorme.

“Graças a Deus tenho aproveitado as oportunidades dadas pelo professor Mano Menezes. Vou manter isso. Procurar estar bem e aproveitar estas oportunidades. Estar bem no clube para poder estar sempre chamado para a seleção. E nesses dois amistosos espero aproveitar o máximo e da melhor maneira. Feliz por enfrentar o Japão. Eu que morei três anos e meio no Japão e tenho um carinho enorme pelos japoneses” afirmou.

Recém-chegado ao futebol russo, o brasileiro disse que já está adaptado ao futebol do novo país.

“Estou adaptado. Graças a Deus consegui nos últimos dois jogos fazer gols e ajudar a equipe. Um empate e uma vitória nos últimos dois jogos. Está tudo correndo bem aqui. E graças a Deus estou conseguindo marcar os gols e ajudar a equipe. Acho que está tudo no caminho certo e agradecer a recepção que tive aqui dos torcedores, da diretoria e dos jogadores do Zenit”, finalizou.

Fonte: futnet.com.br

sábado, 29 de setembro de 2012

Em disputa por vaga na Seleção, Lucas e Hulk vibram com novo chamado



Uma das poucas dúvidas do técnico Mano Menezes em relação ao time titular da Seleção Brasileira é no ataque, entre Lucas e Hulk. Os dois jogadores voltaram a ser convocados nesta quinta-feira para os amistosos diante de Iraque e Japão, que serão disputados nos dias 11 e 16 de outubro, e vibraram pela nova chance de mostrar serviço a menos de dois anos da Copa do Mundo.

Enquanto Hulk ainda está se firmando no Anzhi, equipe pela qual já marcou dois gols em quatro partidas do Campeonato Russo, Lucas é unanimidade no São Paulo, tanto que já foi vendido ao PSG por R$ 108 milhões, maior valor já cobrado por um jogador no País. A preocupação do são-paulino é justamente a de desfalcar o clube em três rodadas nos últimos meses como jogador tricolor.

“Fico muito contente por mais uma convocação. Estar na Seleção é sempre uma meta minha e venho batalhando sempre no São Paulo para isso. Vou para lá buscar uma vaga na equipe e fazer o meu melhor”, comentou Lucas, mantendo a humildade na disputa por espaço com Hulk, vendido pelo Porto ao Anzhi por valor superior.

Sobre o São Paulo, clube em que terá no máximo mais 16 oportunidades de atuar (isso se avançar às finais da Copa Sul-americana), Lucas lamenta ser desfalque: “De onde eu estiver estarei torcendo para os meus companheiros de clube. O Campeonato Brasileiro está chegando na reta final e temos a capacidade de conquistar os objetivos que traçamos para esse ano”. Lucas deve ser desfalque do São Paulo contra Vasco, Figueirense e Atlético-GO

Adaptado ao futebol russo mesmo com os constantes boatos de que teria tido desentendimentos no grupo, Hulk tem objetivos semelhantes aos de Lucas: mostrar futebol pela Seleção e ser lembrado para a Copa do Mundo de 2014. A favor do ex-jogador do Porto está o gol marcado contra a África do Sul, que definiu a vitória brasileira no Morumbi.

“Graças a Deus tenho aproveitado as oportunidades dadas pelo professor Mano Menezes. Vou manter isso. Procurar estar bem e aproveitar estas oportunidades. Estar bem no clube para poder estar sempre chamado para a Seleção. E nesses dois amistosos espero aproveitar o máximo e da melhor maneira”, comemorou Hulk, que enfrentará o Iraque e também o Japão, país em que atuou durante três temporadas.

Fonte: gazetaesportiva.net

Bomba falsa com foto de Hulk



Terá sido obra de adeptos que não gostaram que a chegada do brasileiro tenha "levado" à despromoção de dois dos mais influentes jogadores.

A presença de Hulk no Zenit não deixa de trazer episódios cada vez mais surpreendentes. Depois da insatisfação que o salário do Incrível provocou em alguns elementos do plantel, agora foi descoberta uma bomba falsa com a fotografia do ex-FC Porto, nas imediações do centro de treinos do clube russo.

As autoridades acreditam que o sucedido tenha sido obra de um grupo de adeptos do Zenit que não gostou de ver Denisov e Kerzhakov despromovidos à equipa B por contestarem a diferença salarial. Entretanto, este último pediu desculpa e já voltou aos treinos da equipa principal, ficando a faltar a mesma atitude de Denisov.

Fonte: ojogo.pt

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Plantel mostra apoio a Hulk

Surgiram hoje fotografias de jogadores russos abraços a Hulk durante o treino do Zenit. O clube esforça-se para mudar a imagem dos últimos dias.

A polémica da entrada de Hulk no plantel do Zenit, onde estará a auferir um salário anual de cinco milhões de euros, não desaparecerá por causa das palavras do brasileiro, nem com as fotografias que hoje foram surgindo nas redes sociais.

As fotografias em causa - numa delas Hulk surge abraçado pelo capitão Zyryanov, pelo avançado Bukharov e ainda acompanhado de Fayzulin - não chegarão para afastar a ideia de um certo mau ambiente no balneário da equipa russa, mas revela o esforço do clube em recuperar uma imagem de normalidade.

Hoje, na imprensa russa, o treinador Luciano Spalletti, referiu-se aos castigos de Denisov e Kerzhakov, afastados para a equipa B, dando conta que tão cedo os jogadores não voltarão a treinar com o plantel principal. "Há uma nova realidade, voltarão apenas quando quiserem ajudar como ajudavam antes", disse o italiano.

Fonte: ojogo.pt

Maicon olha em frente: «Não tenho saudades do Hulk»



Não será bem esse o sentimento de Maicon, mas percebe-se a mensagem. Hulk saiu, defende outra camisola e não adianta aos jogadores do F.C. Porto lamentarem a perda da sua principal figura nos últimos anos. 

«Não tenho saudades dele», atira, por isso, o defesa central brasileiro. «O Hulk tem a vida dele e dou-lhe os parabéns pela mudança. Agora é tempo de esquecê-lo [como colega], embora tenhamos de lembrar tudo o que ele nos deu».

Fonte: maisfutebol.iol.pt

«Não tenho problemas com ninguém, sinto o apoio de todos os jogadores do Zenit» - Hulk


Hulk (foto AP)
Na ordem do dia na Rússia devido ao elevado salário que aufere no Zenit, tendo motivado, inclusivamente, uma posição pública do presidente Vladimir Putin, Hulk veio a terreiro desmentir qualquer tipo de atrito com colegas de equipa, frisando sentir-se apoiado por todos os jogadores da formação de São Petersburgo.

«Não tenho problemas com ninguém, estou apenas a tentar fazer o meu trabalho o melhor possível. Estou muito feliz por ajudar a equipa com golos e por ter conseguido a primeira vitória com o Zenit [na Taça da Rússia]», afirma o internacional brasileiro, em declarações ao site oficial do Zenit.

«Estou concentrado em ajudar a equipa desde que cheguei à Rússia. Sinto-me totalmente apoiado pelos meus colegas de equipa e restantes empregados do clube», salienta, reconhecendo que a língua tem sido o principal obstáculo a uma rápida adaptação.

Com Hulk e Witsel no plantel, o Zenit apenas por uma vez conheceu o sabor da vitória, superando o Baltika na Taça da Rússia. Hulk, porém, olha para o futuro com otimismo.

«Temos dois jogos muito importantes pela frente, com Lokomotiv e Milan. Se ganharmos, recuperaremos a confiança nas nossas capacidades», acredita.

Apoio de Bruno Alves

Hulk encontrou em Bruno Alves, antigo companheiro de equipa do brasileiro no FC Porto, uma âncora na adaptação a uma nova realidade.

«Conheço o Bruno há muito tempo, jogámos juntos no FC Porto. Ele tem procurado ajudar-me, dentro e fora do campo, assim como os meus restantes companheiros», salienta.

Fonte: abola.pt

Spalletti ao lado de Hulk: "Kerzhakov foi egoísta"


Treinador italiano do Zenit não aceita atitude do avançado russo, um dos que protestou contra a diferença salarial entre Hulk e restante plantel.


O treinador do Zenit, o italiano Luciano Spalletti, afirmou que o avançado Alexander Kerzhakov foi egoísta ao ter-se revoltado contra o salário do brasileiro Hulk, antigo futebolista do FC Porto. "Nestes tempos conturbados, Kerzhakov tem demonstrado que só pensa em si mesmo", disse o italiano em declarações ao sítio do clube, acrescentando: "Não queremos aqueles que só pensem em si e não querem avançar connosco".

Kerzhakov e Igor Denisov foram afastados da equipa principal dos bicampeões russos, depois de terem questionado a diferença salarial entre Hulk e o restante plantel. Spalletti disse compreender melhor a posição do capitão Denisov do que de Kerzhakov, pelo facto de o defesa ter renegociado o seu contrato pouco antes da chegada de Hulk, que custou ao clube russo cerca de 60 milhões de euros.

O treinador referiu que as tensões no plantel têm vindo a diminuir e afastou as especulações de que possa estar de saída do clube para ingressar no Milan. "Sou treinador do Zenit e especialmente neste momento complicado vou trabalhar com o clube", afirmou o técnico italiano, que orienta os internacionais portugueses Danny e Bruno Alves.

Kerzhakov e Denisov integram a lista de 36 pré-convocados da seleção russa para o jogo com Portugal, agendado para 12 de outubro, em Moscovo, do Grupo F da zona europeia de apuramento para o Mundial2014.

Fonte: ojogo.pt

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Também há quem defenda Hulk


Treinador recusa falar dos problemas no balneário


Luciano Spalletti, treinador do Zenit São Petersburgo, recusou falar sobre Denisov e Kerzhakov, afastados da equipa por contestarem a política de contratações do clube após as chegadas de Hulk e Witsel. 

«Só falo dos que jogaram», afirmou Spalletti após a vitória desta terça-feira para a Taça da Rússia.

O afastamento de dois internacionais russos antes do encontro da seleção com Portugal para o Mundial 2014, a 12 de outubro, continua de resto a dar muito que falar na Rússia, num caso que já se tornou assunto de Estado. Agora, o presidente da Associação de Treinadores, considera a situação grave. 

«Toda esta situação prejudica também os interesses da seleção nacional, que, nas vésperas do encontro com Portugal, perdeu um dos jogadores importantes. Trata-se de um problema grave. A seleção, ao contrário do Zenit, não tem recursos para substituir Denisov», considera Mikhail Guerchkovitch, citado pela Lusa: «Considero que Denisov não tem razão. Ele devia cumprir calmamente o seu contrato até ao fim. Espero que ele tenha juízo para voltar à normalidade.»

Também há vozes em defesa de Hulk. Como a do empresário de jogadores Alexei Safonov. «Sinto-me incomodado perante Hulk. Mas qual é a culpa dele? Porque é que, peço desculpa, andam a mexer nessa porcaria? Ele entra em campo e faz o seu trabalho. Ele, com os seus companheiros, venceu a Liga Europa, joga na seleção do Brasil. Não foi encontrado numa lixeira», afirmou o agente ao site «Sport den za den».

A imprensa escreve entretanto que Kerzhakov pode ser reintegrado na equipa em breve, mas Denisov não, porque se recusa a pedir desculpas pela atitude e declarações públicas, tal como exigido pelo clube.

Fonte: maisfutebol.iol.pt

Jornal russo: jogadores do Zenit se recusam a conversar com Hulk

Hulk no treino do Zenit (Foto: AFP)
Segundo o diário 'Izvestia', elenco teria tomado partido de Denisov, que está insatisfeito com as cifras recebidas pelo brasileiro, e não fala com o atacante


O início da aventura de Hulk na Rússia, ao que parece, não anda lá muito fácil. Após as reclamações públicas do meia Igor Denisov correrem o mundo, o jornal local “Izvestia” revelou nesta terça-feira que os jogadores do Zenit não falam com o atacante brasileiro. O motivo seria o alto valor pago pelo ex-jogador do Porto (€ 55 milhões, cerca de R$ 143 milhões).

O caso ganhou destaque na Rússia na semana passada. Durante um treinamento, o brasileiro teria se desentendido com Denisov, que acabou afastado do elenco principal do Zenit por conta do episódio. O brasileiro, então, teria tentado contornar a situação, com uma conversa com todo o grupo. Foi aí que os jogadores, segundo a publicação, se recusaram a falar com o atacante.


- Hulk não é Messi e nem Iniesta. Compreenderia se tivéssemos contratado Messi ou Iniesta. Eles provavelmente não têm preço - disse Denisov em declarações publicadas pelo jornal “Record” nesta segunda-feira, que desencadearam ainda mais a crise.

Consciente da gravidade da situação, o diretor-geral do clube, Maksim Mitrofanov, garantiu que Denisov vai continuar afastado do time até pedir desculpas ao restante do elenco do Zenit. A imprensa russa estima que Hulk recebe cerca de R$ 17 milhões por ano, salário muito acima do que é pago ao restante dos jogadores do clube de São Petersburgo.

Fonte: globoesporte.com.br

Hulk marca e assiste B. Alves na vitória do Zenit



«Incrível» brilhou na visita ao exclave de Caliningrado.

Envolto em polémica por causa do dinheiro envolvido na sua contratação, Hulk foi a grande figura da passagem do Zenit aos oitavos de final da Taça da Rússia. O «Incrível» marcou um golo e ainda fez a assistência para o tento de Bruno Alves, na vitória alcançada no reduto do Baltika, equipa do segundo escalão (1-2).

Ambos os ex-portistas foram titulares na visita a Caliningrado, capital do exclave russo com o mesmo nome, situado entre a Lituânia e a Polónia. Já o ex-benfiquista Witsel ficou de fora, tal como Denisov e Kerzhakov, jogadores que foram afastados da equipa principal do Zenit por terem criticado a política de contratações do clube.

Hulk inaugurou o marcador aos 13 minutos. O brasileiro ganhou um lance dividido à entrada da área, sobre a esquerda, e rematou cruzado. O golo de Bruno Alves, apontado aos 71 minutos, surge na sequência de um canto apontado precisamente pelo internacional brasileiro.

Hulk saiu aos 73 minutos e o Baltika marcou no minuto seguinte, num lance que o guarda-redes Malafeev abordou de forma estranha, mas o Zenit segurou a vitória.

Recorde-se que até já Vladimir Putin veio comentar as contratações de Hulk e Axel Witsel. 

Veja os golos:



Fonte: maisfutebol.iol.pt

Putin aprova contratações de Hulk e Witsel


Vladimir Putin, presidente da Rússia, considera que as aquisições de jogadores como Hulk e Witsel por parte do Zenit representam uma mais-valia para o futebol do país, pese embora o avultado investimento que lhes está inerente.


«Gostaria de realçar que é a companhia [Gazprom] e não o governo que compra jogadores» para a equipa de São Petersburgo, afirmou Putin, sustentando que os adeptos russos «querem ver as estrelas do futebol, não as que estão em declínio, mas as que estão em ascensão».

A contratação de futebolistas estrangeiros, reforçou, «tem algumas vantagens» para o futebol russo.

Fonte: abola.pt

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Hulk: "Estou feliz por marcar, mas seria melhor se tivéssemos ganho"


Hulk marcou o seu primeiro golo pelo Zenit no jogo contra o Krylya Sovetov, mas disse que teria sido mais feliz se o Zenit tivesse vencido. Hulk acrescentou ainda que cada vez se sente melhor em São Petersburgo.


Antes de mais, parabéns pelo seu primeiro golo ao serviço do Zenit. Foi lindo!
Obrigado. É claro que estou feliz por marcar mas eu estaria ainda mais feliz se a nossa equipa tivesse ganho. Agora, nós temos de sair de cabeça erguida e seguir em frente. Já temos o próximo jogo na terça-feira e vamos fazer tudo para ganhar.

Na sua opinião, porquê que a equipa apresentou um futebol diferente nos dois tempos?
Bem, nós jogamos de uma forma bastante lenta na primeira parte, mas fomos capazes de corrigir isso na segunda parte. Começamos a jogar mais rápido e conseguimos marcar dois golos. Foi pena não conseguirmos marcar o terceiro mas jogamos mais em equipa na segunda parte.

Fez a sua primeira visita às províncias russas. Gostou de Samara?
Não consigo dizer nada sobre a cidade porque eu não vi quase nada da cidade. Depois da viagem, fomos imediatamente para o hotel e não saímos à rua. Mas estou a conhecer a cidade de São Petersburgo. Vou para os treinos sozinho e olho para a cidade. É muito bonita. Eu gosto!

Está cada vez melhor de jogo para jogo.  Está-se a adaptar bem?
Eu acho que o Zenit tem jogadores de grande qualidade, verdadeiros profissionais. Isso facilita a minha adaptação à equipa. Esperemos melhorar cada vez mais como equipa em cada jogo. O importante é o resultado da equipa.

Fonte: en.fc-zenit.ru

domingo, 23 de setembro de 2012

Salários de Hulk e Witsel provocam divisão no Zenit


DENISOV "ENVIADO" PARA A EQUIPA B


As contratações de Hulk e Witsel não estão a ter os efeitos desejados no Zenit. Além dos resultados pouco positivos (um empate e duas derrotas), a chegada dos dois elementos terá provocado, de acordo com vários jornais russos, uma divisão no balneário dos russos.

Na base da discórdia, segundo o "R-Sport", estão os salários astronómicos que os dois jogadores recebem, muito distantes dos demais elementos do plantel. O principal "revoltoso" é Igor Denisov, capitão da seleção russa e um dos jogadores mais importantes do plantel, que inclusivamente este sábado nem fez parte da equipa, no empate diante do Krylya Sovetov, devido a essa situação.

O referido jornal revela uma conversa entre Denisov e Luciano Spalletti, que terá terminado pior do que começou... O treinador italiano, insatisfeito com a atitude do seu pupilo, mandou o médio para a equipa de reservas.

Outra fonte, o jornal "Fontaka", revela que Denisov há muito que pretende uma revisão salarial e que a chegada dos dois reforços serviu para este exigir, numa espécie de ultimato, o aumento do seu salário.

Fonte: record.pt

Jorge Jesus: «Witsel ou Hulk? Quem perdeu foi o futebol português»


COMENTA SAÍDA DOS JOGADORES PARA A RÚSSIA


Um dia depois de Vítor Pereira, foi a vez de Jorge Jesus comentar as saída de Witsel (Benfica) e Hulk (FC Porto) para a Rússia: afinal, qual dos dois clubes portugueses perdeu mais com esta transferência?

"Quem perdeu foi o futebol português que viu sair dois jogadores determinantes nas duas equipas. Não sei dizer qual a equipa que perdeu mais", afirmou o treinador dos encarnados este sábado em conferência de imprensa de antevisão ao jogo da Académica.

Fonte: record.pt

Hulk marca golaço mas Zenit cai para quarto!



Hulk marcou um grande golo, o seu primeiro com a camisola do Zenit, na visita ao reduto do Krylya Sovietov. Witsel não foi utilizado.

O antigo avançado do F.C. Porto repetiu um movimento bem conhecido pelos adeptos e jogadores portugueses. Na Rússia, ainda não sabem que é preciso fechar para dentro quando Hulk surge na direita.

Ao minuto 65, o brasileiro procurou o seu melhor pé e disparou uma bomba. Contudo, nessa altura, o Zenit perdia por 2-0.

Hulk reduziu a diferença frente a um Krylya Sovietov que ficou apenas com dez elementos logo depois. Epureanu foi expulso. Shirokov, aos 78, garantiu o empate para o Zenit.

O clube de S. Petersburgo está a cair na tabela classificativa do campeonato russo: com a vitória do Lokomotiv Moscovo (3-0) caiu para quarto lugar e pode terminar esta nona jornada na quinta posição, caso o Anzhi pontue na segunda-feira!




Fonte: maisfutebol.iol.pt

sábado, 22 de setembro de 2012

Convocatória Krylya Sovetov x Zenit

A comitiva do Zenit partiu ontem, sexta-feira, para Samara onde irá jogar com o Krylya Sovetov, para a 9ª jornada da liga russa. 

A equipa técnica do Zenit levou os guarda-redes Vyacheslav Malafeev, Yury Zhevnov, e Egor Baburin; os defesas  Alexander Anyukov, Bruno Alves, Nicolas Lombaerts, Igor Cheminava, Renat Yanbayev, e Michael Lumb; os médios Roman Shirokov, Igor Denisov, Konstantin Zyryanov, Viktor Fayzulin, e Vladimir Bystrov; e os avançados Alexander Bukharov, Alexander Kerzhakov, Hulk, Maxim Kanunnikov, e Luka Djordjević.

O pontapé de saída é este sábado, 22 de Setembro, no Estádio Metallurg, às 15 horas de Portugal Continental. 

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Málaga arrasa Zenit



Grande estreia do Málaga na fase de grupos da Liga dos Campeões: uma vitória categórica (3-0) diante do novo (cada vez mais) rico Zenit S. Petersburgo. 

Com Eliseu a titular e Duda no banco (entrou a 5 minutos do fim) o Málaga abafou a estreia europeia de Hulk com a camisola do Zenit, ao lado de Bruno Alves (Witsel, lesionado, não viajou, e Danny ainda não está apto). Os russos foram surpreendidos logo à entrada, com um golo madrugador de Isco, após combinação com Eliseu, e ainda antes do quarto de hora sofreram o segundo, com o ex-benfiquista Saviola a concluir uma grande assistência do lateral Jesus Gamez.

Pelo meio, Hulk já tinha dado nas vistas com uma bomba potentíssima, de fora da área, que fez abanar a trave da baliza de Caballero.

Mas esta não era, decididamente, a noite do Zenit que, apesar das mexidas de Spaletti, nunca reentrou na discussão pela vitória. Pelo contrário, a 15 minutos do fim, Isco tornou-se no herói da noite, ao marcar o segundo da sua conta pessoal, num remate de belo efeito, de fora da área.

No outro jogo do grupo, o Milan confirmou os sinais de crise, num péssimo início de temporada na série A, e não conseguiu confirmar o amplo favoritismo que lhe era atribuído perante um Anderlecht teoricamente bem mais frágil. Sem surpresa, o jogo terminou com forte contestação ao técnico Massimo Allegri, mas especialmente à política seguida pela direção do clube, que vendeu os seus principais jogadores, num esforço de contenção de despesas que não se enquadra com ambições desportivas.

Fonte: maisfutebol.iol.pt

«Desejamos o melhor a Hulk» - Lucho


Lucho e Hulk (foto ASF)
O médio argentino Lucho González, nomeado capitão do FC Porto após a saída de Hulk para o Zenit, 

«Hulk é um excelente jogador que deu muito a este clube. Tinha vontade de sair e esta era uma oportunidade boa para ele e para o clube. Desejamos o melhor a Hulk nesta nova vida», disse Lucho em conferência de Imprensa.

Fonte: abola.pt

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Zenit já partiu para Málaga

O Zenit partiu esta manhã para a cidade de Málaga, onde irá ter o seu 1º jogo nas Liga dos Campeões 2012/13 contra o Málaga.

A equipa técnica do Zenit levou os  guarda-redes Vyacheslav Malafeev, Yury Zhevnov, e Egor Baburin; os defesas Alexander Anyukov, Bruno Alves, Nicolas Lombaerts, Aleksandar Luković, Renat Yanbayev, Igor Cheminava, e Michael Lumb; os médios Roman Shirokov, Konstantin Zyryanov, Vladimir Bystrov, Viktor Fayzulin , e Igor Denisov; e os avançados Alexander Bukharov, Alexander Kerzhakov, Hulk, Luka Djordjević, e Maxim Kanunnikov.  

O Zenit terá o último treino, antes do jogo no Estádio La Rosadela, esta noite. O pontapé de saída é nesta terça-feira às 19h45, hora de Portugal Continental.

Hulk: "Estou muito desiludido"



O brasileiro que deixou o FC Porto participou na derrota (2-0) do Zenit frente ao Terek Grozny e não escondeu a desilusão com o desfecho.

Hulk, que trocou o FC Porto pelo Zenit, manifestou-se desapontado com a derrota na estreia com a camisola do clube russo. Na receção ao Terek Grozny, a grande surpresa neste início do campeonato russo, o Zenit foi derrotado por 2-0, com Hulk a "saltar" do banco de suplentes no início da segunda parte, quando o resultado estava ainda em branco.

"Os adeptos são inexcedíveis e a atmosfera no estádio é ótima. Devíamos ter ganho para mostrar a nossa gratidão a todos os que nos apoiaram. Estou muito desiludido com a derrota", confessou Hulk, citado pela agência AP.

O avançado contratado ao FC Porto foi aposta do treinador Luciano Spalletti para a segunda parte, quando rendeu Viktor Faizulin, mas não conseguiu evitar a derrota com o Terek Grozni, que marcou dois golos nos últimos cinco minutos.

"A equipa continua em fase de crescimento. O Zenit já é uma equipa muito forte, mas não dorme sobre os louros. Pessoalmente, quero adaptar-me o mais rapidamente possível ao estilo da equipa e aos meus novos companheiros", acrescentou o internacional brasileiro.

No jogo de sexta-feira, o internacional português Bruno Alves foi titular enquanto o outro reforço do clube russo, o ex-benfiquista Witsel, entrou aos 69 minutos para o lugar de Konstantin Zyryanov. Com a derrota sofrida na sexta-feira, na oitava jornada, o Zenit caiu para o quarto lugar da classificação, a três pontos do novo líder isolado, precisamente o Terek Grozny.

Fonte: ojogo.pt

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

A 29 de Hulk custa R$ 232



O Zenit divulgou em seu site oficial como será a camisa de Hulk. Há as duas opções: com o nome convencional e no idioma local, ambas com o número 29. Na loja do clube, o uniforme custa € 88,49 (cerca de R$ 232), até caro para os padrões atuais.

Em uma rápida conta, o Zenit teria de vender 616 mil camisas para chegar aos R$ 143 milhões investidos. Será que consegue?

Fonte: globoesporte.globo.com 

Hulk estreia, mas Zenit perde em casa com direito a gol de brasileiro ex-Galo

Hulk e Witsel, Zenit x Terek  (Foto: Agência AP)
Aílton Almeida entra no segundo tempo e decide em vitória a favor do Terek Grozny. Atacante da Seleção joga 45 minutos e assusta através de faltas


Era Hulk o centro das atenções no Estádio Petrovsky - como tudo teria de ser, na verdade. Maior contratação da história do futebol russo, o atacante de R$ 143 milhões fez a sua estreia com a camisa do Zenit ao entrar em campo no intervalo sob efusivos aplausos da torcida local. Só faltou combinar com um outro brasileiro, responsável por carimbar a festa pela chegada do ex-jogador do Porto. O atacante Aílton Almeida, revelado pelo Atlético-MG, abriu o placar com um belo gol e viu Lebedenko selar a vitória por 2 a 0 do Terek Grozny, nesta sexta-feira, em jogo que abriu a 8ª rodada do Campeonato Russo.

Aílton, que atuou no Galo entre 2000 e 2004, ficou relativamente famoso na Europa na última temporada depois de ser um dos destaques do Apoel. O time do Chipre surpreendeu na Liga dos Campeões e só foi eliminado pelo galáctico Real Madrid nas quartas de final. Substituto de N'Douassel, ele entrou aos 10 minutos do segundo tempo e marcou aos 40, em bonito lance individual com direito a drible sobre o zagueiro português Bruno Alves. O volante Maurício, o meia Adílson e o zagueiro Antonio Ferreira foram outros brasileiros em campo, todos do lado do Terek.


Hulk, o único representante canarinho do Zenit, teve um tempo para mostrar o seu futebol. O atacante levou perigo principalmente em cobranças de falta. Uma delas, aos 32, obrigou o goleiro Godzyur a fazer boa defesa. A outra, um pouco antes, saiu por cima. Já o belga Axel Witsel, reforço também impactante para a temporada 2012/2013 - custou R$ 102 milhões -, atuou por cerca de 20 minutos.

O resultado faz o Zenit estacionar nos 16 pontos e perder a liderança da competição, já que o Terek, comandado pelo holandês Ruud Gullit, pulou para os 19. Neste fim de semana, o CSKA e o Anzhi ainda podem ultrapassar o rival caso vençam seus compromissos.

O Zenit agora volta suas atenções para a principal competição do continente. Na terça, a equipe russa viaja até a Espanha para pegar o Málaga, às 15h45m (de Brasília), pela estreia no Grupo C - Milan e Anderlecht, da Bélgica, completam a chave.

Fonte: globoesporte.globo.com 

CMVM pediu mais informações sobre vendas de Hulk e Witsel


O "Jornal de Negócios" avança a notícia. As transferências dos dois jogadores levantaram dúvidas no regulador do mercado de capitais.


A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), informa o "Jornal de Negócios", pediu informações adicionais, a FC Porto e Benfica, sobre as vendas de Hulk e Witsel, respectivamente. Os negócios com o Zenit levantaram algumas questões no regulador do mercado de capitais, suscitando a necessidade de mais esclarecimentos.

Esta notícia surge horas depois do Sporting ter questionado os valores apresentados pelos rivais, com respeito às transferências citadas. Curiosamente, o Porto também levantou dúvidas sobre o negócio de Witsel e o Benfica ficou desconfiado dos números da venda de Hulk. Pontos de interrogação que também terão chegada à CMVM.

Recorde-se que o Benfica anunciou a venda de Witsel ao Zenit, por 40 milhões de euros, e o FC Porto anunciou que arrecadou o mesmo valor pela cedência de 85% dos direitos desportivos de Hulk, ao clube russo.

Fonte: rr.pt 

Fotos do 1º treino do Hulk no Zenit





  
































quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Hulk: «Vim para fazer golos e ganhar títulos»

Hulk já está com o Zenit

Hulk já está com o Zenit
Ex-portista conversou com Danny sobre a cidade e agora só pensa em jogar


Hulk garante estar totalmente motivado para a nova aventura na carreira, agora ao serviço do Zenit. O internacional brasileiro chegou esta quinta-feira a S. Petersburgo e já conheceu os novos companheiros. Assegura ter sido muito bem recebido e agora só pensa em somar. 

«É um novo passo na minha carreira. Venho com muito desejo de trabalhar, de fazer golos e de ganhar títulos com o Zenit. Vou dar tudo, venho com disposição total», garantiu o ex-jogador do F.C. Porto, em declarações ao site oficial do Zenit.

O brasileiro disse ainda que conversou com Danny sobre o clube e só ouviu «coisas boas». «Já conhecia um pouco da cidade, quando vim cá jogar pelo F.C. Porto. Espero usar o tempo livre para conhecer melhor. A cidade parece-me muito agradável e a equipa muito boa», afirmou, desvalorizando, também, a adaptação a um clima mais frio. 

«A adaptação será rápida, porque recebi as boas-vindas de forma muito calorosa. Tanto eu como o Witsel. Por isso, acho que não vai demorar muito tempo. Quero entrar rapidamente em campo com a camisola do Zenit, marcar golos e ganhar títulos», reiterou.

Hulk já treinou com a sua nova equipa e manifestou, ainda, o desejo de «agradar aos adeptos» do Zenit.

Fonte: maisfutebol.iol.pt

Hulk despediu-se do Porto e já está na Rússia

Hulk já está com o Zenit
Jogador conheceu novo treinador

Hulk despediu-se nesta quinta-feira de Portugal. O antigo capitão do F.C. Porto passou pela Invicta para fazer as malas e juntar os amigos para um último jantar no nosso país. Seguiu-se a viagem para a Rússia, onde já conheceu o novo treinador e o clube.

O avançado foi confrontado com a transferência para o Zenit enquanto representava a seleção do Brasil. Seguiram-se os encontros particulares e um regresso breve ao Porto, onde não passa mais de um dia.

Hulk chegou à Invicta durante a tarde de ontem, reunindo ao jantar família, amigos e alguns companheiros de equipa, agora ex-companheiros de equipa, como Fernando, Danilo e Alex Sandro.

O jogador brasileiro viajou para a Rússia em voo particular. A família (a mulher Iran e os filhos Ian e Tiago) ficará mais uns dias em Portugal.

Hulk organizou um jantar na vivenda que habitava na zona da Foz, no Porto. Uma celebração recatada antes da aventura no Zenit de S. Petersburgo, onde terá a companhia dos portugueses Bruno Alves e Danny, bem como de Witsel (ex-Benfica). 

Ao final da tarde desta quinta-feira, o Zenit divulgou as imagens da chegada de Hulk. O brasileiro já esteve nas instalações do clube e conheceu o seu novo treinador, com quem trocou um abraço.

Fonte: maisfutebol.iol.pt

Hulk e Witsel podem estrear-se sexta, Danny de volta

Jogo de líderes da Liga russa, diante do Terek Grozny

Os novos reforços do Zenit S. Petersburgo, Hulk (ex-F.C. Porto) e Witsel (ex-Benfica) poderão estrear-se pelo novo clube já nesta sexta-feira, mesmo tendo apenas uma ou duas sessões de treino com os companheiros.

Quem o afirma é o próprio treinador do Zenit, Luciano Spaletti, que na projeção da partida com o Terek Grozny, com quem partilha a liderança da Liga russa, abriu a porta de imediato aos reforços: «Hulk vai preparar-se para o jogo de sexta, e amanhã (quinta) já teremos todos os jogadores que estiveram nas seleções. Witsel, como Hulk, é um grande jogador, e fizemos contratações a pensar nos setores que achávamos necessário reforçar. Em minha opinião, Witsel pode jogar em qualquer posição do meio-campo», frisou Spaletti.

Entretanto, o treinador italiano deixou também um sinal encorajador para o regresso do internacional português Danny, que poderá voltar às convocatórias depois de uma rotura dos ligamentos cruzados, em fevereiro, o ter deixado fora do Euro 2012: «Danny está em boa forma e já recuperou por completo, por isso não excluo chamá-lo. Mas há sempre um certo risco nesta altura, por isso, é possível que venha a utilizá-lo apenas se o jogo estiver propício», concluiu.

Fonte: maisfutebol.iol.pt

Criscito: «Com Hulk e Witsel, Zenit pode ter sucesso na Europa»


Internacional italiano sublinha qualidade do ataque da equipa russa


O internacional italiano Domenico Criscito, que nesta quarta-feira viu serem arquivadas pela justiça italiana as acusações de viciação de resultados, considera que as contratações de Hulk e Witsel, por parte da sua equipa, o Zenit S. Petersburgo, são uma aposta clara no sucesso europeu por parte do clube russo.

«Já tínhamos uma grande equipa, mas depois destas contratações, já somos suficientemente competitivos para ter sucesso na Europa», afirmou o jogador à Sky Sports Italia. 

«Vamos tentar passar a fase de grupos e ir mais longe na Liga dos Campeões. Com Hulk, Kerzhakov e Danny, que está quase a voltar, o nosso ataque fica fortíssimo», afirmou Criscito, que admite esperar ser chamado à seleção italiana: «As coisas correm-me bem no Zenit, e espero ser chamado em breve, mas até agora ninguém falou comigo», disse.

Fonte: maisfutebol.iol.pt